Cal versus soda caustica, será que vale a pena?

Analise quantitativa e qualitativa da utilização da soda caustica e da cal para correção de pH em sistemas de tratamento de águas

Tenho visitado algumas empresas que estão substituindo a soda caustica pela cal para ajuste do pH do efluente a ser tratado. Infelizmente muitos olham apenas o custo, cuja redução é muito significativa, dependendo da quantidade o cal pode sair a R$ 0,40 o Kilo enquanto a soda caustica pode custar na mesma base em torno de R$ 4,00 o Kilo, ou seja quase 10 vezes mais. Os relatos que as pessoas me dão geralmente são totalmente favoráveis a substituição porém fazem uma analise de curto prazo e extremamente superficial.


A cal é muitas vezes utilizados em sistemas de tratamento de efluentes para "espessar o lodo" e facilitar e promover uma melhor filtração com retenção, e nesta caso ele realmente é necessário e muitas vezes é a unica opção. A substituição da soda cuastica pelo cal garante uma redução no custo em relação a produtos, porém ela aumenta os custos em outras áreas dentro do tratamento de águas qure muitas vezes é até dificil mensurar. Por exemplo, o filtro prensa vai trabalhar com uma carga maior de sólidos, além do numero de aberturas para limpeza ser maior, as lonas também terão vida util reduzida, o que aumenta seu custo de operação.


No caso das plantas que trabalham com centrifugas ou outros tipos de separadores de sólido-líquido vale a mesma observação, o equipamento trabalha com uma carga maior de solidos, o que vai aumentar seu custo de operação e manutenção. Em alguns casos, pode acontecer de a centrífuga não ter capacidade de separar a carga extra de sólidos, provocando redução na capacidade de tratamento.


A quantidade e cal utilizada também é maior em relação a soda, por isto um caclulo minucioso deve ser feito para saber a real grandeza da economia pretendida. Diferentemente da soda caustica vendido em solução aquosa 50%, a cal é vendida a granel porém no estado sólido. Um investimento será necessário para instalação de um tanque e um sistema de mistura para dissolver o produto e deixa-lo em solução aquosa pronto para uso (quando for utilizada para correção de pH).


Antes de optar pela troca dos produtos, analise com bastante cuidado, coloque tudo na ponta do lápis e verifique se realmente vale a pena a troca e o tempo de pay back do seu projeto, tome decisões baseado em dados reais e converse com colegas de outras empresas que usam a cal para entenderem o beneficios e maleficios.


Ainda precisando de ajuda? Deixe sua pergunta e responderemos em breve.

Abraço

Rodrigo

181 visualizações
Solicite uma visita e descubra como podemos ajuda-lo a melhorar sua produtividade e reduzir os custos

FALE CONOSCO

CONECTE-SE CONOSCO

  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon

www.ecoprops.com.br                     ecopro@ecoprops.com.br                         (11) 98357-9065